gototopgototop
Nova pagina 3

 

forex trading logo


... Enquete

O que você mais acessa no Portal Dystacks?
 

Especialistas apontam aqueles erros imperdoáveis mesmo numa relação casual e dão dicas para tornar a experiência não só agradável como elegante

Sexo casual não tem que ser uma coisa impessoal, muito menos grosseira

exo casual não precisa ser uma experiência impessoal e descartável. Não importa se vocês já se conheciam ou se acabaram de se conhecer: transar sem compromisso pode e deve ser uma experiência bacana e amistosa.

O Delas conversou com especialistas para descobrir e comentar os 10 pecados mais comuns do sexo casual. Leia, combine o jogo com seu parceiro e divirta-se, sem culpas e com elegância.

Sair correndo depois do sexo
Depois do sexo, catar a roupa e sair correndo só se o encontro tiver sido absolutamente desastroso! Pode ficar para o café da manhã? Sim! “É bem-educado. Só não pode ter muito apego, uma coisa que gere sentimento”, explica Rodrigo Farah, jornalista, consultor de conquista e paquera e colunista do Delas.

O segredo é sempre tratar o outro com gentileza. Se for inevitável “sair correndo”, é bom deixar claro antes. “Diga, ok, nós vamos transar. Eu sei que não vou resistir e estou super a fim, mas realmente preciso entregar um trabalho amanhã e precisarei sair em seguida”, sugere Vanessa de Oliveira, ex-garota de programa, escritora e consultora da revista Playboy.


Home
Apesar das tuas falsidades, das tuas lutas penosas e dos sonhos arruinados, a Terra continua a ser bela. Desiderata

Confira o resultado aqui
Prefeitura apresenta programa de ações para Resíduos Sólidos na ACISV PDF Imprimir E-mail
Notícias de Santa Vitória MG
Publicado por: : Rosiane Souza   
Qui, 16 de Fevereiro de 2017 16:11

Prefeitura apresenta programa de ações para Resíduos Sólidos na ACISV

A Prefeitura de Santa Vitória, por meio da Secretaria Municipal de Educação e Cultura apresentou, nesta segunda-feira (13), o Projeto “Lixo no lugar certo”, envolvendo a equipe da Assessoria Pedagógica, juntamente com os especialistas da educação, os professores da Educação Infantil (de quatro e cinco anos), os professores do Ensino Fundamental I (primeiro ao quinto ano), o Engenheiro Ambiental Itamar Gomes Neto e a Secretária de Educação Francisca Vânia. A secretária de Educação Francisca Vânia falou sobre a necessidade de efetivar a coleta seletiva em nosso município, que esse destino adequado dos resíduos sólidos faça parte da nossa cultura .

 
Para Dennis DJ, que produziu de 'Cerol na mão' a 'Malandramente', reggae é nova onda do funk PDF Imprimir E-mail
Música
Publicado por: : Rosiane Souza   
Qui, 16 de Fevereiro de 2017 16:01

'Malandramente' abriu porta para 'Deu onda', diz produtor. Gênero nascido na Jamaica está no sertanejo e pop internacional; lista do G1 

O produtor Dennis DJ, que produziu hits do Bonde do Tigrão e 'Malandramente' (Foto: Reprodução/Facebook/Dennis DJ)

Faz tempo que a gente não ouve por aí aquela levada mansa do som que nasceu na Jamaica mas ganhou sua versão à brasileira. Faz mesmo? O reggae, que já teve sua época de ouro no país, pode até andar meio esquecido pela maioria, mas anda escondido por trás de outros gêneros que dominam as listas de mais ouvidas nas rádios e na internet.

Você pode até não perceber, mas "Deu onda", o funk deste verão, é um exemplo disso. Muito mais do que o clima praiano, o hit do MC G15 tem em comum com o estilo o andamento lento e melódico, característica da nova vertente rasteirinha, aliada à percussão marcada.

 
Sete alimentos que contêm pouquíssimas calorias para incluir na dieta PDF Imprimir E-mail
Alimentação
Publicado por: : Rosiane Souza   
Qui, 16 de Fevereiro de 2017 15:54

A lista possui itens que cabem no café da manhã, lanchinhos, almoço e jantar

 
A fórmula para emagrecer, em resumo, é gastar mais calorias do que se consome. Se você está nessa missão, conheça alguns alimentos de baixo valor calórico que combinam com todas as refeições, como café da manhã, almoço, jantar e lanchinhos, e ponha no cardápio já.

 
Ainda vale a pena manter o horário de verão? PDF Imprimir E-mail
Notícias em Geral Brasil e Mundo
Publicado por: : Rosiane Souza   
Qui, 16 de Fevereiro de 2017 15:44

No próximo domingo, os relógios devem ser atrasados em uma hora; especialistas ouvidos pela BBC Brasil se dividem sobre eficácia e dados disponíveis sobre a medida

O horário de verão, que chega ao fim novamente à 0h deste domingo, divide opiniões não só da população, mas também de especialistas.

Entre os brasileiros, uns comemoram ter uma hora a mais de sol por dia, enquanto outros reclamam da imposição de adaptar a rotina duas vezes ao ano - sabe-se que o corpo humano leva ao menos 14 dias para se acostumar com o horário de verão e, enquanto isso não ocorre, problemas como falta de atenção, de memória e sono fragmentado podem ocorrer.

Especialistas em gestão de energia ouvidos pela BBC Brasil, por sua vez, concordam que a mudança de horário pode ser útil - mas há controvérsias sobre a forma como ela é aplicada e sobre transparência dos dados sobre a economia gerada.

No mundo, o horário diferenciado é adotado em 70 países - atingindo cerca de um quarto da população mundial. No Brasil, foi usado pela primeira vez no Brasil durante a gestão de Getúlio Vargas, em 1931 e 1932, mas só passou a ser adotado sem interrupções a partir de 1985, sendo regulamentado por decreto-lei apenas em 2008, no governo Luiz Inácio Lula da Silva.

A ideia por trás da medida é poupar os recursos da matriz energética no horário de pico de consumo de energia, entre 18h e 21h, quando boa parte da população chega em casa e utiliza a energia doméstica e boa parte de comércio e indústria continuam ativos.


Energia e potência

Segundo Claudio Sales, presidente do Instituto Acende Brasil, o horário de verão é importante não para a diminuição do consumo de energia em si, mas pela potência que a matriz energética precisa oferecer, que acaba reduzida durante esse período de quatro meses.

"A quantidade de energia que seria economizada no horário de verão é relativamente pequena porque o simples deslocamento da faixa horária de pico não significa uma economia expressiva no dia inteiro", afirmou à BBC Brasil.

A diferença, segundo ele, é na capacidade energética que precisa estar funcionando para atender à população, a chamada "demanda de ponta". Ou seja, poupa o esforço extra das usinas que estão ativas para garantir que, ao ligar o interruptor em casa, a luz irá acender.

A economia é possível porque não é necessário acionar energia extra das usinas termelétricas para garantir o abastecimento do país nos horários de pico.

"A curva de demanda diária tem um pico no final do dia, como você empurra o fim e usa mais a luz solar, ele é mais baixo, ou seja, você precisa acender menos as termelétricas e é essa economia que culmina na economia de 4,5% no horário de maior consumo", explica.

É como se o pico de potência energética oferecido à população fosse normalmente de 100, mas durante o horário de verão se transformasse em 95,5 para atender a demanda necessária.

Mais refrigeração do que iluminação

Segundo a Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica), agora há um problema adicional: o horário de pico de energia no país está se deslocando para as 15h devido ao uso elevado do ar-condicionado, o que provoca uma sobrecarga no sistema de energia à tarde.

 
Quer o seu cabelo gigante? Essas dicas podem agilizar o processo PDF Imprimir E-mail
Dicas
Publicado por: : Rosiane Souza   
Qui, 16 de Fevereiro de 2017 15:21

De um lado, leite integral com açúcar. Do outro, azeite de oliva. Estas duas técnicas prometem aumentar o tamanho dos fios e ainda deixá-los mais fortes

Quem tem cabelo grande, geralmente, deseja que ele fique ainda maior. Para isso, utilizam-se de várias técnicas para estimular o crescimento do fio. No entanto, nem sempre estes métodos funcionam, principalmente quando são feitos a base de produtos químicos.

Por isso, no canal Mari Maria, a youtuber ensina duas receitas caseiras capazes de aumentar o tamanho do cabelo e fortalecer ainda mais os fios. Confira!

Receita caseira para deixar os cabelos grandes

Em um recipiente de vidro, despeje um copo de leite integral. Em seguida, adicione ao líquido uma colher (de sopa) de açúcar. Com uma colher, mexa bem a mistura até que ela fique homogênea.

Feito isso, reserve o produto e vá lavar os cabelos com o seu shampoo comum. Ao colocá-lo na cabeça, esfregue bem a raiz, sempre usando os dedos  e não as unhas, para não correr o risco de danificar o couro cabeludo e nem se machucar.

Quer o seu cabelo gigante? Essas dicas podem agilizar o processo

Foto: depositphotos

Depois que lavar bem com o shampoo, enxágue os fios e aplique o leite preparado com o açúcar, principalmente na raiz dos cabelos. Massageie a região, para estimular o crescimento dos fios. Após três minutos, lave o cabelo novamente com shampoo e por fim dê continuidade com a lavagem normal dos seus cabelos. Esta técnica, além de estimular o crescimento do cabelo, deixa os fios ainda mais macios.

Outra dica para aumentar o tamanho do cabelo

Uma outra opção para quem deseja ter o cabelo maior, mas não quer optar por tratamentos químicos, é usar o azeite de oliva na raiz do cabelo. Para isso, basta molhar os dedos com este produto e aplicar na raiz massageando a região. Esta técnica pode ser feita em qualquer horário do dia e por ser uma opção que não causa muita sujeira, pode ser colocada em prática até mesmo deitada. Faça sem pressa e com cuidado.

Quem não deseja fazer com azeite de oliva, pode substituí-lo por óleo de coco, que o efeito é praticamente o mesmo. Tanto um como o outro, ao entrar em contato com os cabelos, estimulam o crescimento dos fios de forma saudável e forte.

 
Você pode! Monte uma lancheira saudável para o seu filho PDF Imprimir E-mail
Crianças
Publicado por: : Rosiane Souza   
Qui, 16 de Fevereiro de 2017 14:47

Crianças podem ajudar, mas jamais escolher o cardápio

O que enviar na lancheira das crianças na volta as aulas?

A principal regra é: quem monta a lancheira são os pais ou responsáveis: hoje assisto a uma geração de crianças que escolhem o que querem levar, e sempre são alimentos ricos em açúcar e gordura. Os pais ou responsáveis não opinam, apenas compram e satisfazem a vontade delas.

É preciso ter atitude e orientar escolhas saudáveis. Se não tem ideia, converse com o pediatra ou um nutricionista, busque orientação e oriente as crianças. Levar, às vezes, uma guloseima não é problema, desde que se tenha uma rotina diária alimentar saudável.

 
Mais Artigos...
« InícioAnterior12345678910PróximoFim »

Página 1 de 1886

...Baixe nosso Aplicativo

IMG-20161119-WA0166

Receba novidades do Portal Dystacks diretamente no seu e-mail, Assine já!

... PUBLICIDADE

itumbiara_go

... Total / Visitas

mod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_counter
mod_vvisit_counterHoje2921
mod_vvisit_counterOntem65888
mod_vvisit_counterEsta semana2921
mod_vvisit_counterSemana passada164422
mod_vvisit_counterEste mês344782
mod_vvisit_counterMês passada128015
mod_vvisit_counterTodos os dias19464804

Temos: 19 bots online
O seu IP: 54.159.242.217
 , 
Hoje: 26 Fev, 2017
Contador de visitantes

... Total / Membros

  • 3307 membro(s) registrado(s)
  • 0 hoje



Não conseguir dormir traz ansiedade e deixa o corpo alerta durante a madrugada

5. Não olhe para o relógio
Uma ansiedade comum quando falta o sono é saber que já são altas horas e que você deveria estar dormindo. O estresse e a frustração aumentam à medida em que você percebe que tem que sair para trabalhar em menos de duas ou três horas. A dica dos especialistas é livrar-se das pistas sobre o tempo vire todos os relógios para a parede e evite conferir as horas

Como se não bastasse não conseguir dormir, quem sofre de insonia também é acometido pela ansiedade, o que deixa o organismo ainda mais em alerta durante a noite. Para amenizar o problema, o site Huffington Post reuniu 8 dicas que propiciam o relaxamento na hora de ir para a cama e, com sorte, ajudam a pegar no sono com mais facilidade.

1. Saia da cama
Quando você permanece acordado na cama, envia para si mesmo a mensagem errada. Segundo Harneet Walia, médico do Cleveland Clinic's Sleep Disorders Center, afirma que, dessa forma, o corpo fica condicionado a deitar e não dormir. Se você não consegue adormecer em um período de 15 a 20 minutos, saia do quarto e tente fazer algo relaxante, e não estimulante. Ouvir música, ler um livro ou tomar um banho podem ser boas opções.



2016 © Dystacks.com.br - Todos os direitos reservados.