gototopgototop
Nova pagina 3

 

forex trading logo


... Enquete

O que você mais acessa no Portal Dystacks?
 
Home Amor e Sexo
Os homens enganam - se com maior frequência por serem demasiado espertos do que por serem bons em demasia. (Bernard Shaw)

Amor e Sexo
Desvende oito dúvidas que você provavelmente já teve sobre sexo oral PDF  | Imprimir |  E-mail
Publicado por: : Rosiane Souza   
Seg, 06 de Junho de 2016 09:18

Especialista responde as questões mais comuns sobre o tema para que você acabe de vez com a curiosidade

O sexo oral é uma prática bastante prazerosa e frequente entre os casais, no entanto, isso não impede que a vergonha acabe por deixar uma série de dúvidas em aberto. Tem questões precisando de respostas? O DAQUIDALI esclarece as mais frequentes para matar de vez a curiosidade.


POSSO PEGAR DST DURANTE O SEXO ORAL? DEVO USAR CAMISINHA?

Sexo oral pode sim transmitir DSTs, mesmo sem ejaculação. Foto: djedzura/iStock

SEXO ORAL PODE SIM TRANSMITIR DSTS, MESMO SEM EJACULAÇÃO. FOTO: DJEDZURA/ISTOCK Como todo tipo de relação sexual, o oral envolve troca de fluídos, portanto, a proteção é sim importante. “Embora a porcentagem seja baixa, o que faz as pessoas acabarem ignorando esse cuidado, ele pode passar doenças sim. O RISCO É TANTO PARA QUEM FAZ QUANTO PARA QUEM RECEBE, porque você pode ter um corte na boca e uma junção com secreção do par. A recomendação da Organização Mundial da Saúde é que seja utilizado o preservativo, tanto masculino quanto feminino”, explica a fisioterapeuta sexual DÉBORA PÁDUA. É SEGURO ENGOLIR SÊMEN? Se o risco de doenças sexualmente transmissíveis não assusta alguns casais, por outro lado o medo do sêmen trazer algum malefício ainda deixa muita gente preocupada. Mas pode ficar tranquila, ele não é prejudicial: “Se a pessoa for saudável e não tiver nenhuma DST, ELE NÃO TRAZ NENHUM PROBLEMA POR SUA COMPOSIÇÃO”. ALIMENTAÇÃO INTERFERE NO SABOR DO SÊMEN? Muitos são os mitos sobre o sabor do sêmen, e o motivo dele ser diferente entre uma pessoa e outra. Mesmo que a alteração não seja tão grande, o estilo de vida e até o que o parceiro coloca no prato podem influenciar. “Apesar de não termos muitos estudos, algumas literaturas afirmam que pessoas com alimentações mais saudáveis possuem um sêmen com gosto mais ameno do que as que ingerem muitos condimentos e carne, que tendem a ter gosto forte. Fumar também pode interferir”, conta. A DEPILAÇÃO TORNA O SEXO ORAL MAIS PRAZEROSO? Uma boa depilação não é apenas questão de preferência, ela pode mudar a maneira como você percebe o toque e tornar o momento bem mais prazeroso. “QUANDO VOCÊ REMOVE OS PELOS EXISTE MAIS CONTATO COM A PELE, o que é mais agradável tanto para quem recebe, quanto para quem faz. Não precisa remover tudo, mas é interessante deixar aparado”, aponta.



É SEGURO USAR ALIMENTOS NO SEXO ORAL?

Comidinhas são bem-vindas, mas faça o teste. Foto: George Doyle/Stockbyte

COMIDINHAS SÃO BEM-VINDAS, MAS FAÇA O TESTE. FOTO: GEORGE DOYLE/STOCKBYTE Mel, chocolate, chantilly e até mesmo balinhas de menta costumam figurar no quarto, e a brincadeira é um tema recorrente até mesmo nos filmes com cenas mais picantes. Mas, afinal, é seguro? “Muitas pessoas fazem e experimentam para deixar o sexo mais interessante, e até por não gostarem da sensação de secreção de ambos os sexos. PODE SER USADO SEM PROBLEMAS, A NÃO SER QUE SEJA UMA SUBSTÂNCIA IRRITANTE. Balas muito fortes, por exemplo, podem gerar desconfortos. A dica é usar em pouca quantidade, ver se dá alguma reação e aí de fato colocar mais ou não. Para ser mais seguro, URINE DEPOIS DO SEXO, ASSIM VOCÊ LIMPA QUALQUER RESTO QUE TENHA PERMANECIDO NA URETRA e evita problemas”, aconselha. DENTES PODEM MESMO MACHUCAR O PÊNIS? A questão dos dentes é muito frequente, e eles costumam ter bastante medo desse contato: “Eles podem machucar sim e é preciso ter cuidado, até porque o parceiro pode se assustar com uma brincadeira com eles e acabar puxando, facilitando um corte. A região genital de homens e mulheres é muito delicada, então todo cuidado é bem-vindo”. A FIMOSE DIFICULTA O SEXO ORAL? PODE MACHUCAR? A fimose, aquela pele que fica no topo do pênis, costuma gerar certa ansiedade durante o sexo oral, especialmente em relação à performance ou a possíveis dores ao desloca-la. “NÃO FAZ DIFERENÇA NA MANEIRA COMO FAZER E NEM CAUSA MAIS DOR SE VOCÊ PUXAR, um medo que muita gente tem. A única coisa é que esse excesso de pele no prepúcio tende a acumular sujeira, então pede um cuidado de higiene maior. Na realidade, QUEM NÃO TEM A FIMOSE TEM BEM MAIS FACILIDADE DE SE FERIR no frenulo”, esclarece. O CHEIRO DA VAGINA PODE SER DESAGRADÁVEL PARA ELE? É bastante comum ver mulheres que não gostam de receber o sexo oral por acharem que o odor da vagina é desagradável. No entanto, pode largar a insegurança de lado, pois ele é biologicamente um fator de excitação para o par. “Cada mulher tem um cheiro característico que é dela, natural da vagina. Algumas tem mais forte e outras mais suave, mas para o sexo masculino ESSE CHEIRO É ATRATIVO E COSTUMA GERAR BASTANTE TESÃO. Nesse medo de ser desagradável muitas usam itens como desodorantes íntimos, mas é perigoso, porque eles podem alterar o pH vaginal e gerar problemas de saúde”, alerta.

 

Fonte:http://www.daquidali.com.br

 
Encontros simples são os que mais terminam em casamento, conclui estudo PDF  | Imprimir |  E-mail
Publicado por: : Rosiane Souza   
Sex, 27 de Maio de 2016 07:29

Ao optar por atividades minimalistas o foco vira a interação com o outro

Muita gente se sente pressionada para fazer com que o primeiro encontro seja perfeito, no entanto, essa preocupação parece ser desnecessária: de acordo com uma nova pesquisa, não é preciso fazer nada extravagante para iniciar um relacionamento duradouro e que vá terminar no altar. Pelo contrário, quanto mais simples, melhor. Pesquisadores usaram a base de dados do site de namoros PLENTYOFFISH para entender o peso do início da relação na longevidade. Para isso, foram analisados 1100 antigos usuários que agora são casados. 65% DELES SAÍRAM PARA UMA REFEIÇÃO SIMPLES PARA CONHECER A FUTURA ESPOSA OU MARIDO. O segundo encontro mais popular foi FAZER UMA CAMINHADA, SEGUIDA POR UM CAFÉ OU DRINQUES. A grande maioria optou por atividades minimalistas, em que a conversa é a maior atração. De acordo com a psicoterapeuta KATHERINE SCHAFLER, que conduziu o estudo, menos é mais quando se trata de saídas românticas. E QUANTO MENOS COMPLICADA A INTERAÇÃO ENTRE OS PARES, MAIOR O POTENCIAL por eles não estarem distraídos, o que permite focar exclusivamente no outro e em como se sentem juntos.

 
Jogos eróticos: 4 dicas para apimentar sua vida sexual PDF  | Imprimir |  E-mail
Publicado por: : Rosiane Souza   
Ter, 24 de Maio de 2016 09:14

É fácil cair na rotina e esquecer de como o sexo pode ser prazeroso e surpreendente. Se você cansou dessa realidade, pode ser a hora certa para dar um novo gás ao relacionamento e adotar alguns jogos eróticos para apimentar a vida a dois. A ideia é deixar a vergonha de lado e focar no prazer.

Jogos eróticos

Nada como uma novidade para deixar a relação mais quente. Foto: iStock, Getty Images Tédio na cama mata o amor É verdade, na medida em que o tempo passa e o sexo desaparece, muitas pessoas são tentadas a experimentar algo ou alguém novo. E é um fato comprovado que o sexo insatisfatório está entre as principais causas de divórcio. Tédio na cama mata o amor Uma pesquisa feita pelo site MediAngels, portal online de especialistas em saúde, revelou que a insatisfação sexual é um dos principais fatores que contribuem para casamentos desfeitos. A pesquisa revelou que 20% a 30% dos divórcios ocorrem por desagrado com com vida sexual, impotência e infertilidade. Para quem não deseja virar estatística, saiba que soltar suas fantasias sexuais ou explorar novas opções, como jogos eróticos, é capaz de mudar a vida íntima e torná-la mais rica e sensual. A novidade tentadora, as experiências emocionantes, a descarga de adrenalina, o despertar do desejo, tudo ajuda. Durante o jogo sexual, os participantes podem desfrutar da sensação de intimidade em um nível mais elevado ou então, quem sabe, ter relações sexuais em ambientes incomuns. A brincadeira oferece uma oportunidade de satisfazer desejos ocultos, tentar algo fora do comum e descartar a rotina da vida íntima. Dicas de jogos eróticos Anda sem criatividade para tentar algo novo? Nem por isso você precisa ficar na mesmice. Confira as dicas que separamos e aproveite para deixar a sua relação mais quente e intensa. 1. Escolha a fantasia Escolha e anote cinco fantasias secretas suas em cinco pedaços individuais de papel. Dobre-os e coloque-os em uma caixa. Peça ao parceiro para fazer o mesmo. Mexa bem os papéis e escolha um. Falem sobre essa fantasia juntos e criem maneiras de colocar tudo em prática. A excitação vai tomar conta. 2.Jogo dos personagens Esse jogo é sempre divertido, independentemente dos personagens que você escolher. Por exemplo, o parceiro pode fingir ser o médico e a mulher pode fingir ser a paciente que foi ao consultório. Você também pode usar vendas nos olhos para tornar a experiência mais sensitiva. 3.Verdade ou desafio Tudo que você precisa fazer é perguntar para o parceiro se ele prefere um desafio ou dizer a verdade. Vale usar uma garrafa e girá-la no chão e seguir a clássica brincadeira. É só usar a imaginação para os desafios e lembrar de usar perguntas leves e divertidas. 4.

 
Chocolate quente, cappuccino, vinho, cobertor e um amor PDF  | Imprimir |  E-mail
Publicado por: : Rosiane Souza   
Sáb, 21 de Maio de 2016 10:59

Há quem diga que no frio apenas um “cobertor de orelha” serve para se esquentar nas noites frias. Mas será mesmo que qualquer pessoa pode exercer essa função? Ou com sentimento e intimidade, tudo pode ficar mais quente? No frio, nada melhor que um aconchego, não é? Seja com uma bebida quentinha, um cobertor e uma pessoa para dividir não apenas um espacinho na cama e da coberta, mas para dividir esse momento que pode ser tão especial quanto se imagina. Muitos têm ao seu lado esta pessoa, íntima e capaz de propiciar momentos inesquecíveis, com sentimento, afeto e prazer, mas deixam de valorizar por conta do comodismo, da rotina e dos desgastes que vão surgindo ao longo do relacionamento. Por que não fortalecer este vínculo neste inverno, como uma forma de redescobrir novas formas de vivenciar esse amor? Quando existe sentimento positivo, tudo pode ser restaurado. Aproveite que no inverno há esta necessidade maior do aconchego, para procurar formas de se aproximar da pessoa amada, ou apenas para fortalecer o que já está ótimo. O aconchego não precisa e nem deve ser apenas o sexo. São diversas formas de manifestar afeto, carinho, paixão, amor, entre outros sentimentos capazes de esquentar qualquer coração. Seja um abraço, um beijo na testa, um carinho na mão, uma massagem, um beijo demorado na boca ou até mesmo na bochecha, um olhar carinhoso ou sedutor, uma carícia, palavras ditas, entre outras coisas que poderão dar um empurrãozinho para o tão esperado momento, o sexo. Para esquentar os momentos, podem começar de manhã e terminar a noite, tudo depende de como o casal irá vivenciar e repercutir no relacionamento. Frio não combina com preguiça. Casais podem se manter quentinhos com a criatividade e a iniciativa de ambos. Para que dormir no sofá, se na cama é muito mais quente, ainda mais com uma reconciliação? Se estão se desentendendo, nada mais justo que uma conversa, pedidos de desculpa, demonstração de sentimento, mudanças, e por último, laços estreitados. Curtir esse friozinho ao lado da pessoa amada, pode ser muito mais empolgante. Prefira fazer jantares a dois, mais românticos. Cozinhar também esquenta, cozinhem juntos. Desfrutem de alimentos que estimulem a imaginação. Para beber? Pode ser um vinho de noite, um cappuccino de tarde, um chá pela manhã, independente da bebida, tudo dependerá de como irão beber, a intenção conta muito mais do que o tipo da bebida. Não adianta o casal encher duas taças de vinho e irem para a cama discutindo. Quem faz o momento é o casal!

 
Dossiê do ponto G: tudo que você precisa saber sobre essa área de prazer PDF  | Imprimir |  E-mail
Publicado por: : Rosiane Souza   
Sex, 20 de Maio de 2016 10:40

Local pode ser um aliado para sentir mais excitação e facilitar o orgasmo feminino

O ponto “G” ficou famoso pela promessa de prazer intenso e por facilitar o orgasmo feminino, mas, afinal, ele realmente existe? E como você pode usá-lo a seu favor na hora do sexo? Acabe de uma vez por todas com as dúvidas e encontre o caminho para essa parte pequena – mas poderosa – do seu corpo.

O ponto ainda não é uma unanimidade entre os especialistas, isso porque alguns acreditam que ele é apenas uma extensão do clitóris dentro da vagina. “Não existe um consenso, existem especialistas que defendem e outros que não. EXISTE UM LOCAL DENTRO DO CANAL VAGINAL QUE É MAIS SENSÍVEL QUE OS OUTROS e, em determinadas mulheres, ele é muito pontual, é daí que vem o nome. Alguns médicos defendem que pode ser uma das RAMIFICAÇÕES DO CLITÓRIS e por isso é tão prazeroso, mas isso ainda não é comprovado. O que sabemos é que o clitóris é muito maior do que apenas aquela pontinha que enxergamos”, explica a fisioterapeuta sexual DÉBORA PÁDUA.

 
« InícioAnterior12345678910PróximoFim »

Página 5 de 53

...Baixe nosso Aplicativo

IMG-20161119-WA0166

Receba novidades do Portal Dystacks diretamente no seu e-mail, Assine já!

... PUBLICIDADE

itumbiara_go

... Total / Visitas

mod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_counter
mod_vvisit_counterHoje2312
mod_vvisit_counterOntem5636
mod_vvisit_counterEsta semana16111
mod_vvisit_counterSemana passada71084
mod_vvisit_counterEste mês193550
mod_vvisit_counterMês passada128015
mod_vvisit_counterTodos os dias19313572

Temos: 11 bots online
O seu IP: 54.167.159.180
 , 
Hoje: 21 Fev, 2017
Contador de visitantes

... Total / Membros

  • 3306 membro(s) registrado(s)
  • 1 hoje




2016 © Dystacks.com.br - Todos os direitos reservados.