gototopgototop
Nova pagina 3

 

forex trading logo


... Enquete

O que você mais acessa no Portal Dystacks?
 
Home Notícias Notícias em Geral
Estuda! Não para saber muitas coisas, mas para sabê - las bem. (Séneca)

Notícias em Geral Brasil e Mundo
Rodrigo Cintra revela os segredos do loiro perolado de Eliana PDF Imprimir E-mail
Publicado por: : Rosiane Souza   
Qui, 16 de Junho de 2016 09:41

Sombré com raiz esfumada é sofisticado e ainda garante mais praticidade nos retoques

Os cabelos perolados de ELIANA tem feito o maior sucesso na internet, e não é para menos: tendência absoluta neste inverno, eles deixam o visual sofisticado e ainda garantem a praticidade na hora de retocar. O hairstylist RODRIGO CINTRA, responsável pelos fios da comunicadora, entrega o passo a passo da cor para que você aposte sem erros. “Eu deixo o perolado, que tira bastante do dourado e vai para esse tom bem branquinho, mas sem acinzentar, como acontece no platinado. Ele funciona pra todas, MAS QUANTO MAIOR O CLAREAMENTO NA RAIZ, MAIS COR ELE RETIRA DO ROSTO. Se você não quer ficar pálida e não tem o perfil de se maquiar todos os dias pode apostar em um trabalho mais fininho na raiz, com menos fios, porque assim o escuro aparece mais perto da face e não dá tanta diferença”, explica. DESCOLORAÇÃO SEM DANOS Um dos maiores segredos para as madeixas lindas da apresentadora é reduzir os danos na hora de descolorir, já que o procedimento costuma ser bastante agressivo e ressecar. “Ela faz muitas modificações para o programa, como babyliss e diferentes finalizações, então eu UTILIZO UM PRODUTO DE PROTEÇÃO PRÓPRIO PARA DESCOLORAÇÃO. Misturo o pó descolorante com ele para clarear sem agredir esse fio”, conta. A TÉCNICA As mechas de Eliana começam fininhas na raiz e vão aumentando até o final do comprimento, onde a cor clara domina boa parte dos fios: “ESSE É O QUE CHAMAMOS DE EFEITO SOMBRÉ, com as pontas mais claras em tom de pérola, porque hoje quase nenhuma loira gosta daquele amarelado. O GRANDE TRUQUE ESTÁ EM ESFUMAR BEM A RAIZ, um processo diferente do realizado nas mechas tradicionais e que marcam muito. Para fazer esse esfumado eu PREPARO UM TONALIZANTE COM A COR NATURAL DO CABELO dela e aplico bem no início da raiz. Em seguida eu venho dando penteadinhas suaves para criar essa sensação. Essa finalização ajuda a deixar mais natural e com um visual bem sofisticado”.

 
Aproveitar ou não os quitutes da festa junina? PDF Imprimir E-mail
Publicado por: : Rosiane Souza   
Qua, 15 de Junho de 2016 08:30

Essa comemoração acontece uma vez por ano, então o ideal é aproveitar - mas sem exageros

Guloseimas não faltam nessa época de FESTAS JUNINAS, alegria do ritmo da música contagia, época de frio, é hora de provar o quentão para aquecer o corpo. E o cheiro da espiga de milho e a pipoca quentinha da barraca ao lado? Mas ainda tem a barraca de bolos, o churrasco, a batata doce assada, o vinho quente, a canjica, o amendoim, O QUE ESCOLHER? Há dois caminhos para você: O primeiro é comer saudável e manter a dieta. Isso significa que os únicos alimentos típicos possíveis seriam a espiga de milho cozida e sem manteiga ou sal e a batata doce assada. E NADA DE EXAGEROS, porque são fonte de carboidratos e, portanto, energia: se não queima ,vira gordura no corpo. Churrasco e amendoim salgado têm muito sódio, canjica e arroz doce muito açúcar, vinho quente e quentão tem álcool e açúcar, bolos são fontes de carboidratos simples. Confesso que gosto mais da ideia de escolher o segundo caminho. EXPERIMENTAR OS QUITUTES QUE GOSTA, aproveitar o clima de festa com seus amigos e familiares, porque essa festividade Junina não acontece o ano todo. Não digo exagerar, comer sem limites, mas degustar o que agrada o seu paladar. Assistir às quadrilhas, confraternizar e NÃO FOCAR APENAS NO QUE VAI COMER. Muitos irão perguntar, mas a comida é liberada? Nesse dia PODE HAVER UM POUCO DE ABUSO, MAS NO DIA SEGUINTE RETOME A SUA BOA ALIMENTAÇÃO, cuide sim do que come, não libere todos os dias um pouco, porque irá facilitar o ganho de peso, ou adoecer o seu organismo.

 
Curitiba tem a madrugada mais gelada do ano e amanhece com 0ºC PDF Imprimir E-mail
Publicado por: : Rosiane Souza   
Sex, 10 de Junho de 2016 15:21

Menor temperatura do estado foi de -4,5ºC, em General Carneiro. Fim de semana deve ter temperaturas negativas na capital, prevê Simepar.

Curitiba teve a madrugada mais gelada do ano nesta sexta-feira (10)  (Foto: Adriana Justi / G1)

10/06/2016 07h00 - Atualizado em 10/06/2016 09h51 Curitiba tem a madrugada mais gelada do ano e amanhece com 0ºC Menor temperatura do estado foi de -4,5ºC, em General Carneiro. Fim de semana deve ter temperaturas negativas na capital, prevê Simepar. Do G1 PR FACEBOOK Curitiba teve a madrugada mais gelada do ano nesta sexta-feira (10) (Foto: Adriana Justi / G1) Curitiba teve a madrugada mais gelada do ano nesta sexta-feira (10) (Foto: Adriana Justi / G1) Curitiba amanheceu com 0,1ºC nesta sexta-feira (10). Foi a madrugada mais gelada do ano, segundo o Sistema Meteorológico Simepar. A máxima na capital ficará em torno de 13ºC. A menor temperatura do estado foi em General Carneiro, com -4,5ºC. Ao longo do dia, o sol deve permanecer, mas as máximas em todo o estado não devem passar de 20ºC. Em Castro, na região central, os termômetros também registraram temperatura negativa nesta sexta. O dia na cidade começou com -0,5ºC. Já em Guarapuava, cidade vizinha, os moradores tiveram que reforçar os casacos para sair de casa para enfrentar o frio de -3ºC. A temperatura máxima será de 11ºC. Já os maringaenses, na região norte, também enfrentam frio de 5ºC, temperatura mais amena em relação às cidades mais próximas da região. De acordo com o Sistema Meteorológico Simepar, o frio deve continuar de maneira intensa no Paraná pelo menos até domingo (12), quando a capital deve registrar temperatura negativa. Na segunda-feira (13), o frio deve dar uma trégua, ainda conforme o Simepar. Não há previsão de chuva para os próximos dias.

 
“Perez & Gil - Piratas” - nos palcos, uma divertida história de aventuras e amizade PDF Imprimir E-mail
Publicado por: : Nilton Santos   
Seg, 06 de Junho de 2016 12:27

Espetáculo infantil estreia nova temporada no Teatro Dulcina. Dia 11 de junho às 16hgfdhfh

O espetáculo infantil Perez e Gil - Piratas, texto argentino inédito no Brasil, conta a história de um corsário e de seu inseparável papagaio Gil. Entre tapas e beijos, os dois amigos, que vivem às turras, contam suas aventuras em alto mar. Durante toda a trama, os dois discutem, se contradizem, se desafiam, sem nunca expressar o afeto que sentem um pelo outro e sem deixar transparecer que não conseguem viver separados. A peça, que mescla atores e bonecos, tem em seu elenco Renato Peres, André Brilhante e Cecília Hoeltz.

Perez & Gil - Piratas, criação da autora argentina María Inés Falconi, com direção de Antonio Carlos Bernardes, é a mais recebte produção da Cia. ACB Teatral, conhecida por montar espetáculos que tratam de assuntos contemporâneos. Neste espetáculo o tema central é a amizade. O diretor Antonio Carlos Bernardes faz parte do Conselho de Administração do CBTIJ - Centro Brasileiro de Teatro para a Infância e Juventude e em parceria com ATINA - Associação de Teatro Infantil da Argentina, traz aos palcos brasileiros este espetáculo dedicado aos pequeninos.


Perez & Gil - Piratas estreou no Teatro Gláucio Gill em março de 2012 e participou do Festival Internacional de Teatro de Bonecos - Bauru Ano II, se apresentou no Teatro Municipal de Lençóis Paulistas, no Festival de Inverno do SESC, nas unidades do SESC Rio, são João de Meriti e Duque de Caxias.

 
Correntes oceânicas retardam efeitos do aquecimento global na Antártica PDF Imprimir E-mail
Publicado por: : Rosiane Souza   
Seg, 06 de Junho de 2016 09:59

Efeito é boa notícia para regiões ameaçadas por subida do nível dos mares. Estudo explica porque Oceano Antártico é mais lentamente afetado.

Antártica é o continente mais frio do Planeta (Arquivo TG) (Foto: Arquivo TG)

Isolamento pode durar séculos, segundo pesquisa (Foto: Arquivo TG) Correntes oceânicas frias e profundas do Atlântico Norte neutralizam o efeito do aquecimento global na Antártica e retardam o aumento do nível dos mares - revela estudo publicado na revista britânica Nature Geoscience nesta segunda-feira (30). Esse isolamento gelado do continente, que está coberto com uma camada de gelo de até quatro quilômetros de espessura, pode durar séculos, segundo a pesquisa. A conclusão do estudo é uma boa notícia para as centenas de milhões de pessoas que vivem em regiões baixas e estão ameaçadas pela subida iminente de até um metro no nível dos mares, que deve acontecer até o final do século, de acordo com o último relatório do Painel de Ciência do Clima da ONU. Estudos mais recentes sugerem que o limite dos mares poderia aumentar ainda mais, impulsionado pela água da superfície, que se expande à medida que aquece, e pelo escoamento das geleiras e de duas grandes camadas de gelo. Uma dessas camadas de gelo cobre a Groenlândia, e a outra fica na Antártica Ocidental - a parte do continente que está aquecendo mais rápido. Se a Antártica Oriental estivesse derretendo na mesma proporção, o impacto sobre os assentamentos humanos ao longo das costas em todo o mundo seria catastrófico. Os cientistas já sabem há muito tempo que as mudanças climáticas têm afetado o Oceano Antártico muito mais lentamente do que os outros oceanos nos últimos 50 anos, devido à vastidão da camada de gelo do continente, assim como aos ventos e às correntes oceânicas, que funcionam como uma zona de proteção. Mas o novo estudo atribui o motivo fundamental desse atraso a um cinturão de correntes oceânicas profundas que transporta águas geladas de cerca de 1ºC. "O principal motivo do atraso no aquecimento do Oceano Antártico é a circulação oceânica de fundo", disse a equipe de cientistas, liderada pelo pesquisador Kyle Armour, da Universidade de Washington em Seattle, na revista Nature Geoscience. Para os pesquisadores, os gases de causadores do efeito estufa que estão provocando secas, tempestades e instabilidade climática no resto do planeta vão demorar "múltiplos séculos" para ter um impacto significativo no Oceano Antártico. Essa conclusão não anula, porém, o fato de que mesmo o aquecimento em menor escala pode causar danos. Uma geleira do tamanho da França na Antártica Oriental está perdendo água rapidamente e pode elevar o nível dos oceanos em cerca de dois metros em poucos séculos, de acordo com um outro estudo publicado na semana passada.

 

Fonte:http://g1.globo.com/natureza

 
Parques nacionais brasileiros que todo fã da natureza precisa conhecer PDF Imprimir E-mail
Publicado por: : Rosiane Souza   
Sáb, 04 de Junho de 2016 08:46

Quem gosta de viajar para lugares onde possa ficar em contato com a natureza, encontra no Brasil uma enorme variedade de opções. Isso porque em um país tropical e repleto de riquezas naturais como o nosso, esse tipo de atrativo é um grande chamariz em se tratando do turismo. E entre as alternativas mais interessantes para aproveitar o que de melhor a natureza tem a oferecer, estão os parques nacionais, que preservam bem o aspecto ecológico e em muitos casos permite aos visitantes até mesmo uma maior compreensão sobre o meio ambiente. Sabendo disso então, decidimos mostrar na sequência algumas boas opções de Parques Nacionais que são públicos e estão abertos à visitação ao redor do país. Confira! Parques nacionais interessantes para você conhecer no Brasil Parque Nacional de Brasília/DF

Parque Nacional de Brasília/DF 

Na capital do Brasil, uma alternativa bem interessante para quem gosta de ecoturismo, é esse Parque Nacional apelidado de “Água Mineral”. A razão para tal apelido, aliás, já é por si só um grande atrativo: ele recebe a alcunha devido às belas piscinas formadas a partir dos poços de água. Mas isso não é tudo. Por lá o turista também encontra duas trilhas icônicas, sendo estas a “Capivara” e a “Cristal Água”.


Parque Nacional do Iguaçu/PR

Parque Nacional do Iguaçu/PR

E no sul do país, o contato com a natureza também é permitido. O Parque Nacional do Iguaçu, no Paraná, por exemplo, é o lugar onde as famosas caratas brasileiras se encontram, formando o conjunto conhecido como “Cataratas do Iguaçu”. O lugar é composto por 275 quedas isoladas, que fazem contraste com a bela fauna e flora que ajudam a acentuar o tom ecológico.


Parque Nacional Serra da Capivara/PI

Parque Nacional Serra da Capivara/PI

E eis aqui outra opção interessante. O Parque Nacional Serra da Capivara, localizado no Piauí, não fica tão perto da capital Teresina, mesmo assim, a visita vale cada quilômetro percorrido. Ele foi erguido no final dos anos 70 para proteger o maior sítio arqueológico do país, e por isso mesmo, o visitante consegue encontrar hoje muitos vestígios milênios atrás. Graças à sua riqueza histórica e às belas formações rochosas, o lugar hoje é considerado um museu a céu aberto.


Parque Nacional de Itatiaia/MG

Parque Nacional de Itatiaia/MG

Em Minas Gerais, o Parque Nacional do Itatiaia é um dos grandes atrativos. Para quem não sabe, ele foi criado em 1937 e fica entre Minas Gerais e Rio de Janeiro. Por lá o visitante encontra uma série de atrações naturais, tais como lagoas, cachoeiras, campos de altitude e picos. Para quem vai até a região, uma boa alternativa é escolher a cidade de Visconde de Mauá como ponto de parada. Ela possui boa infraestrutura turística e fica bem perto do parque. 


Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros/GO

Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros/GO

E em Goiás, o Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros é um dos pontos altos do turismo pra quem é fã da natureza. Ele fica localizado entre os municípios de Cavalcante e Alto Paraíso, sendo até considerado Patrimônio Mundial da UNESCO. Entre os atrativos estão os cânions e os dois saltos do Rio Preto, além de belíssimas cachoeiras que inclusive permitem a diversão dos banhistas. 


Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses/MA

Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses/MA

Quem busca lugares interessantes pra conhecer Brasil afora, já deve ter se deparado em algum momento com o nome “Rota das Emoções”, certo? Pois é assim que é apelidada a rota dentro do Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses. O lugar se destaca pelas belíssimas dunas que podem chegar a 40m de altura e formam piscinas naturais de águas cristalinas.


Parque Nacional de Jericoacoara/CE

Parque Nacional de Jericoacoara/CE

No Ceará, o Parque Nacional de Jericoacoara é uma das grandes atrações turísticas para quem gosta de contato com a natureza. Ele foi criado em 2002 com a missão de proteger os ecossistemas costeiros e estimular o estudo científico, turismo ecológico e a educação ambiental. É por lá que o turista pode se deparar com a emblemática Duna do Pôr do Sol, que é um dos grandes pontos de encontro dos visitantes no fim da tarde.


Parque Nacional do Jalapão/TO

Parque Nacional do Jalapão/TO

Mais ao Norte do país, uma boa opção que se desenha é o Parque Nacional do Jalapão, localizado no estado do Tocantins. O lugar se destaca pela abundância de água, além dos chapadões, serras e o icônico clima de savana. Para quem não gosta de muita badalação, a dica é visitar a região no período da baixa temporada, pois se trata de um destino muito procurado por viajantes. Outro atrativo é que nessa época as paisagens estão bem preservadas, o que torna a experiência ainda mais atraente.

 

Fonte:http://www.clickgratis.com.br

 
Danielle Clough faz incríveis e delicados bordados em raquetes e cercas PDF Imprimir E-mail
Publicado por: : Rosiane Souza   
Sex, 03 de Junho de 2016 10:16

Às vezes grandes ideias nascem de momentos despretensiosos e de relaxamento. Foi isso que aconteceu com Danielle Clough, artista sul-africana que começou a bordar por acaso, apenas para ilustrar um de seus desenhos, e acabou se destacando exatamente por esse tipo de trabalho.

 

 

Danielle tem um currículo extenso: é diretora de arte, designer, fotógrafa e até Dj. A junção dessas atividades de tanta criatividade deu origem a seus bordados que podem ser vistos nos tradicionais bastidores, mas são feitos sobre raquetes vintage de tênis e badminton e até em cercas pelas ruas.

 

 

Para produzir retratos, flores, animais e até emojis cheios de luzes, sombras e cores, ela conta que começa fotografando aquilo que quer bordar. Às vezes, para ter uma ideia das cores que vai utilizar, pinta sobre a foto. Na sequência, Clough escolhe o tipo de linha que vai utilizar – de lã a fios próprios para bordar – e parte para o trabalho final.

 

 

Muito delicado, não? Para acompanhar mais de suas obras, é só entrar em seu perfil no Instagram.

 

 

Fonte:http://www.daquidali.com.br

 

 
« InícioAnterior12345678910PróximoFim »

Página 9 de 404

...Baixe nosso Aplicativo

IMG-20161119-WA0166

Receba novidades do Portal Dystacks diretamente no seu e-mail, Assine já!

... PUBLICIDADE

itumbiara_go

... Total / Visitas

mod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_counter
mod_vvisit_counterHoje226
mod_vvisit_counterOntem4052
mod_vvisit_counterEsta semana31225
mod_vvisit_counterSemana passada54656
mod_vvisit_counterEste mês116360
mod_vvisit_counterMês passada350771
mod_vvisit_counterTodos os dias19594918

Temos: 3 bots online
O seu IP: 54.211.200.222
 , 
Hoje: 25 Mar, 2017
Contador de visitantes

... Total / Membros

  • 3310 membro(s) registrado(s)
  • 0 hoje




2016 © Dystacks.com.br - Todos os direitos reservados.