gototopgototop
Nova pagina 3

 

forex trading logo


... Enquete

O que você mais acessa no Portal Dystacks?
 
Home Dicas
Não declares que as estrelas estão mortas só porque o céu está nublado. (Provérbio Árabe)

Dicas
Chega de dúvidas! Tudo o que você precisa saber sobre as calorias PDF Imprimir E-mail
Publicado por: : Rosiane Souza   
Sex, 17 de Junho de 2016 07:15

Especialista explica o que elas são, como calcular a ingestão diária e outros pontos importantes para emagrecer

As calorias são a primeira preocupação de quem está tentando emagrecer, mas a verdade é que muita gente ainda falha por não entender o que elas realmente significam e como atuam nessa perda de peso. Para te ajudar a chegar ao seu objetivo, descubra o que é importante saber sobre elas.

O QUE SÃO AS CALORIAS Antes de entender quanto ingerir ou de quais fontes, é preciso ter em mente o que são de fato as calorias e como é determinado aquele número que você encontra no pacote dos alimentos. “Esse termo é usado para se referir à quantidade de energia que cada um fornece ao organismo se for totalmente aproveitado. ELAS COSTUMAM SER ESTIMADAS EM FUNÇÃO DE SUAS PORCENTAGENS DE CARBOIDRATOS, PROTEÍNAS E GORDURAS, visto que a maioria dos alimentos não é composta de apenas um tipo de nutriente. Analisa-se a composição e de acordo com a porcentagem dos nutrientes, somam-se os valores energéticos”, explica a endocrinologista e nutróloga HALÁDIA PESSOTTI DE CAMPOS SIMIÃO. CARBOIDRATOS: independentemente da fonte, eles fornecem cerca de 4 kcal por grama, e estão presentes em massas, pães, alimentos ricos em amido, como a batata, o arroz e o milho, e ricos em açúcar, como as frutas. PROTEÍNAS: fornecem cerca de 5 kcal por grama, mas é preciso mais energia para o organismo metabolizar ou queimar as proteínas do que os carboidratos. Por esse motivo, considera-se que geram a mesma quantidade de energia, 4 kcal/g.

 
Seis ideias para substituir a cabeceira tradicional e dar mais charme ao quarto PDF Imprimir E-mail
Publicado por: : Rosiane Souza   
Qui, 16 de Junho de 2016 09:17

Tecido, cortinas e até adesivos podem dar o destaque que a sua cama merece

Uma das maiores finalidades da cabeceira é dar mais destaque à cama, considerado o objeto principal de qualquer quarto. No entanto, ela não é a única capaz de deixar o local charmoso: descubra seis detalhes bonitos e diferenciados que substituem perfeitamente o item e deixam a decoração muito mais interessante.

 
5 dicas para amenizar os efeitos do tempo quente e seco PDF Imprimir E-mail
Publicado por: : Rosiane Souza   
Qua, 15 de Junho de 2016 08:43

Tempo seco e quente. Dupla que adora provocar crises de alergia. Os dias quentes durante o inverno, combinados com o clima seco da estação, podem agravar doenças alérgicas como rinite e asma, além de provocarem sintomas desagradáveis, como secura no nariz, garganta e coceira na pele. A alergologista do Complexo Hospitalar Edmundo Vasconcelos, Marisa Rosimeire Ribeiro, alerta para a necessidade de manter a boa hidratação do corpo e cuida dos com o ambiente para preservar o bem estar e a saúde e dá dicas para amenizar os efeitos do tempo seco. 

>>Leia também: Rodo é a vassoura de quem tem rinite alérgica.

5 dicas para amenizar os efeitos do tempo quente e seco

ácaro

Confira 5 dicas simples que amenizam os efeitos do tempo quente e seco - Beba ao menos dois litros de água por dia; - Coma mais frutas, elas ajudam a hidratar*; - Não use vassoura. Varrer dispersa a poeira no ar (substitua por vassouras elétricas ou pano úmido); - Não use umidificador em excesso. Pode causar fungos; - Cuidado com banhos quentes, eles ressecam a pele. * O Saúde com Ciência adverte que para os diabéticos essa dica não vale muito, já que as frutas contêm o açúcar frutose.

 
NOVAS DICAS INCRÍVEIS – TRUQUES E SEGREDOS PARA ADMINISTRAR SUA CASA COM EFICIÊNCIA PDF Imprimir E-mail
Publicado por: : Rosiane Souza   
Qua, 15 de Junho de 2016 08:22

Sueli Rutkowski (2016) - 80 páginas

DESCRIÇÃO: Sueli Rutkowski, autora do best-seller “Dicas Incríveis: truques e segredos para facilitar seu dia a dia” está de volta com “Novas Dicas Incríveis”. Administrar e organizar uma residência, tarefas que demandam tempo e trabalho, são afazeres que podem ser realizados de forma mais rápida e prática. Com as dicas da Sueli, é possível aprender como deixar qualquer espaço mais arrumado, praticando o desapego e colocando fim à bagunça da casa. As orientações são didáticas e focadas em cada um dos ambientes: cozinha, banheiro, dormitório, escritório e lavanderia. Com longa experiência em organização doméstica, Sueli dá o passo-a-passo para se ter uma rotina prática começando com a divisão das tarefas, formas fáceis de limpeza e organização, como definir o cardápio e otimizar as idas ao supermercado, até dicas para quem convive com animas de estimação. Em tempos de “faça você mesmo”, nunca foi tão fácil conseguir a independência em seu próprio lar!


Ficha técnica: • Autor: Sueli Rutkowski • ISBN: 978-85-64839-09-0 • Páginas: 80, 04 x cores • Formato: 16×23 • Capa: Brochura • Papel: Couché Fosco 115 gramas • Preço de capa: R$ 27,90 • Ano de Publicação: Janeiro de 2016 Selo Master Pop

 
Encontre o equilíbrio: não deixe o dinheiro mais curto atrapalhar sua felicidade PDF Imprimir E-mail
Publicado por: : Rosiane Souza   
Seg, 13 de Junho de 2016 09:41

Na dúvida entre um e outro, busque pelo autoconhecimento e equilibre a qualidade de vida

DINHEIRO TRAZ FELICIDADE? Essa resposta possivelmente varia, conforme o ponto de vista de cada um. Claro que alguns trocadinhos a mais na conta, e aquela reserva no final do mês não fazem mal a ninguém, não é verdade? Existem muitos estudos sobre o tema, inclusive: alguns apontam que PAÍSES MENOS DESENVOLVIDOS ESTÃO ENTRE OS MAIS FELIZES DO MUNDO; outros indicam que PESSOAS COM MELHORES SALÁRIOS são aquelas que GASTAM MAIS TEMPO NO TRABALHO e, consequentemente, dedicam menos de si à família e ao lazer. Para o Dr. Roberto Debski, especialista em medicina alternativa, psicólogo e diretor da clínica Ser Integral, o dinheiro é uma ferramenta e, dessa maneira, não é bom ou ruim. “Certamente, a falta dele – quando há muitas dificuldades financeiras – pode trazer muitos problemas”, coloca.

 
Dicas incríveis para você perder o medo de preparar peixe PDF Imprimir E-mail
Publicado por: : Rosiane Souza   
Sáb, 04 de Junho de 2016 08:36

Não são poucas as pessoas que amam pratos preparados com peixes, mas nem todo mundo arrisca fazer receitas com esse tipo de carne. Isso porque muita gente tem medo de não acertar a mão no preparo do alimento, afinal, existe uma enorme variedade de tipos de peixes e cada um demanda cuidado diferente. O fato, porém, é que você não precisa ter esse receio, normalmente as receitas são simples e de fácil preparo, basta saber qual peixe escolher para cada tipo de prato. Para te ajudar nessa missão, apresentamos a seguir um conjunto de dicas nesse sentido. Veja! Dicas para perder o medo de preparar peixes Leia mais em: http://www.clickgratis.com.br/receita/dicas-cozinha/dicas-incriveis-para-voce-perder-o-medo-de-preparar-peixes

Dicas para perder o medo de preparar peixes

Tipos de peixe Na hora de escolher o peixe para seu prato, a única coisa que você deve ter em mente é que os peixes são classificados de duas formas, sendo elas: Peixe magro – esses são aqueles tipos de peixe que não possuem muita gordura, podendo ter de 0,5 por cento a não mais do que 5 por cento no máximo. Por possui um baixo teor de gordura, o peixe magro pode ser congelado e armazenado por até seis meses, e se for muito magro, por até um ano. Para não ter erro, fique ciente que no geral, todo peixe magro possui a polpa branca, o que inclui o linguado, a truta, a tilápia, o bacalhau, a garoupa, entre outros. Peixe gordo – esse é um peixe que, como o nome sugere, possui um teor de gordura mais alto, que normalmente ultrapassa os 5 por cento. Essa gordura é distribuída por toda carne do peixe e outro detalhe é que a carne do peixe gordo normalmente é mais escura comparada à do peixe magro. Vale dizer aqui, que a quantidade da gordura presente no peixe vai depender da espécie, estação do ano e a profundidade da água que o peixe foi retirado. Esse tipo de peixe também pode ser congelado, mas deve ser consumido em no máximo em três meses. Entre os peixes gordos estão o salmão, robalo, atum, entre outros. Regras de como preparar peixes gordos e magros O peixe gordo normalmente possui um sabor mais acentuado do que o peixe magro, por isso, se não gosta muito do famoso “sabor de peixe”, o ideal é usar peixe magro em sua receita. Caso troque em sua receita o peixe gordo pelo magro, você precisa saber que ele não deve passar pela secagem durante o preparo. Leia também: Dicas e truques que facilitam a vida do iniciante na cozinha 8 dicas simples para economizar dinheiro evitando desperdício na cozinha 10 coisas que você pode fazer para cozinhar melhor ainda hoje Use a regra dos 10 minutos para preparar seu peixe Ficar atento ao tempo de cozimento é essencial na hora de preparar o peixe, pois quando preparado da forma correta ele mantém sua umidade e o sabor. Dito isso, a regra dos 10 minutos é o ideal para preparar sua receita. Para o preparo seguindo a regra dos dez minutos o ideal é saber o tamanho certo de seu peixe, ele deve ser medido do ponto mais grosso e caso seja recheado, o ideal é medir depois de colocar o recheio. Após saber o tamanho de seu peixe, é só multiplicar por 10 e dividir por 2. O resultado desse cálculo será o tempo necessário ao preparo. Um exemplo disso, é: se estiver preparando um bife de uma polegada, ele deve ser preparado por cinco minutos de cada lado. Agora se estiver preparando peixe em papel alumínio, deve adicionar mais cinco minutos ao tempo total de cozimento, o que também vale se o se o peixe for cozido em molho. Em caso de preparo com peixe congelado que não tenha sido descongelado o tempo deve ser dobrado. Para efeito de esclarecimento, é importante dizer que uma polegada equivale a aproximadamente 2,54 centímetros. O que fazer com as sobras do peixe cozido Se a sobra for de peixe cozido, ela pode ser armazenada na geladeira por até dois dias, podendo ser servida nas refeições seguintes. Agora, caso os pedaços de peixe sejam grandes, eles podem ser usados para o preparo de sanduíches frios ou cortados em pedaços menores para o preparo de uma farofa. Em ambos os casos, é importante se certificar de que os espinhos foram todos retirados.

 

Fonte:http://www.clickgratis.com.br

 
« InícioAnterior12345678910PróximoFim »

Página 9 de 133

Receba novidades do Portal Dystacks diretamente no seu e-mail, Assine já!

... PUBLICIDADE

itumbiara_go

... Total / Visitas

mod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_counter
mod_vvisit_counterHoje848
mod_vvisit_counterOntem2937
mod_vvisit_counterEsta semana10694
mod_vvisit_counterSemana passada18142
mod_vvisit_counterEste mês47119
mod_vvisit_counterMês passada96188
mod_vvisit_counterTodos os dias19906267

Temos:  online
O seu IP: 54.158.198.141
 , 
Hoje: 20 Jul, 2017
Contador de visitantes

... Total / Membros

  • 3338 membro(s) registrado(s)
  • 0 hoje




2016 © Dystacks.com.br - Todos os direitos reservados.