gototopgototop
SEXO & PRAZER.: Sexo tântrico estimula a busca do prazer máximo e duradouro | Imprimir |
Avaliação do Usuário: / 0
PiorMelhor 
Publicado por: GUIMA ( Faça seu Cadastro e tenha suas vantagens, venha aí Show de Premios Dystacks)   
Sex, 09 de Março de 2012 07:21
lencois-crop_12701_20890

 

Pode-se dizer que um misto de curiosidade e mistério envolve a prática do sexo tântrico. Quando se fala nele, especula-se sempre sobre as horas e horas que um casal passa transando sem atingir o clímax. Mas, o que está por trás desse modo de se relacionar sexualmente? O tantra é um filosofia tribal que ensina a ter na experiência sexual um caminho para o despertar da Kundalini: a energia sagrada da vida. Segundo o terapeuta e escritor Otávio Leal, o sexo tântrico nada mais é do que um regresso às nossas origens. O especialista diz que algumas comunidades mantêm até hoje o hábito.

Uma condicionante do sexo tântrico é justamente o tempo. Ele não pode ser praticado com pressa. Nesse sentido, a relação da sociedade moderna com o relógio não favorece esse tipo de relação. Na correria do dia a dia, quem pode se dar ao luxo de passar uma tarde inteira concentrado em fazer e receber carícias?

Sexo tântrico estimula a busca o prazer máximo e duradouro

Antes de se iniciar, o sexo tântrico prevê uma espécie de oferenda, uma reverência de um em relação ao outro. O homem oferece simbolicamente algo à sua Deusa, e ela faz o mesmo em relação ao seu Deus. "A entrega é em muitos níveis", diz o terapeuta. Em seu livro, Maithuna: Sexo Tântrico, ele apresenta todos os passos e aspectos envolvidos nesta prática que vai desde a respiração até a posição das mãos. A finalização do ato é com uma meditação que pode ser realizada individualmente ou em casal.

O sexo tântrico tem linhas distintas, umas mais rígidas do que outras. A questão de se atingir ou não o orgasmo é sempre um ponto que causa estranhamento e interesse. "Chegar ao orgasmo não pode ser o objetivo. O importante é construí-lo intensamente e se, ou quando, chegar ao orgasmo o tenha como consequência do prazer e da energia gerada com a entrega amorosa", afirma o especialista.

Posições e energia
Assim como outras teorias, o sexo tântrico também sugere algumas posições para uma prática ideal. Elas levam em consideração a localização dos chakras do homem em relação aos da mulher. Os chakras principais são sete pontos de energia dispostos ao longo da coluna vertebral. "Cada um possui características específicas e na relação sexual possuem uma função muito especial".

Para isto é importante que os parceiros estejam fisicamente conectados de modo a facilitar que esta corrente energética seja criada e circule pelo corpo de ambos de forma contínua e duradoura. Muito mais do que sugestões para uma boa transa, o sexo tântrico oferece conhecimento a respeito de si mesmo e do outro ao mesmo tempo que conduz homem e mulher para estarem tanto em si mesmos quanto no outro, proporcionando um prazer de qualidade capaz de trazer em seus benefícios uma sonhada paz de espírito.

FONTE.: MINHA VIDA