gototopgototop
Prefeitura e SEMECE apresentam propostas para a educação de Araporã Imprimir
Avaliação do Usuário: / 0
PiorMelhor 
Publicado por: : Nilton Santos   
Seg, 11 de Maio de 2015 21:46

Plano Municipal norteia propostas e estratégias para os próximos dez anos na educação

fos964b

A Prefeitura de Araporã e a Secretaria da Educação, Cultura e Esporte (SEMECE) apresentaram na última quinta-feira, 07 de maio, o Plano Municipal da Educação (PME). A apresentação do plano aconteceu no Teatro João Guimarães Rosa e contou com a presença dos servidores da educação, vereadores, alunos e representantes dos conselhos municipais e da comunidade. A apresentação do plano discutiu as propostas e estratégias que vão nortear a educação do município nos próximos 10 anos.

Conforme André Donizete Martins, secretário da Educação, a finalidade do PME é proporcionar a excelência na qualidade de ensino, apresentando as providências para equipar técnica e pedagogicamente as escolas da Rede Municipal de Ensino. Para isso, estabelece ações de melhoria das instalações físicas por meio de reformas, ampliações e novas construções prediais; parcerias de incentivo cultural e pedagógico; aumento e aperfeiçoamento da equipe técnica-pedagógica de acordo com cada especificidade; redução do número de alunos por sala; programas de apoio à saúde escolar; criação de um novo Cemei e ampliação da Escola em Tempo Integral; aperfeiçoamento na Educação de Jovens e Adultos de acordo com a demanda municipal; entre outros.

O Plano Municipal de Educação compõe texto base formado por três documentos técnicos, sendo eles:

I - A Análise situacional do município cujo texto contempla: a caracterização histórica, social, econômica, demográfica e geográfica; breve contexto nacional, estadual e municipal de construção de planos decenais de educação; e diagnóstico do comportamento dos principais indicadores educacionais ao longo dos últimos anos contextualizados com as vinte metas do Plano Nacional de Educação;

II - As dezesseis metas municipais cujo texto é composto pelas diretrizes, metas e estratégias para a educação do território do município para os próximos dez anos, em acordo com as vinte metas nacionais o município aderiu a dezesseis metas pelas quais compõe a demanda e realidade municipal;

III – Indicadores para monitoramento e avaliação da evolução das metas do PME.

O plano segue agora para aprovação da Câmara de Vereadores. Em seguida, o prefeito Ronaldo Sandre tem até o dia 26 de junho deste ano para sancionar a lei.